Início > Fore Front TMG 2010, Fore Front TMG/ISA Server 2006, ISA Server 2006, ISA Server 2006 e TMG > Levantamento de dados de um ISA Server ou Forefront TMG com ISAInfo

Levantamento de dados de um ISA Server ou Forefront TMG com ISAInfo

Saudações,

Apesar do fim do ISA Server e do Forefront TMG, muitos clientes ainda o usam e nós da Microsoft estamos atuando em diversas frentes que consistem em apoiar os clientes que pretendem permanecer usando o produto e também para aqueles que irão migrar.

Estamos ajudando corporações mostrando as opções que eles têm na troca do Forefront TMG desmembrando os serviços.

Para VPN, Acesso Remoto e proxy Reverso, o Windows Server 2012 R2 cobre todos esses pontos a um preço muito mais baixo que a concorrência e com eficácia igual ou superior. Para URL Filtering, é possível obter o mesmo serviço usando o Windows Intune.

Para continuidade do acesso internet via proxy, aí não tem jeito, os clientes têm de procurar por soluções de terceiros e nosso papel na função de DSE (Dedicated Support Engineer) é cooperar para que essa transição ocorra da melhor forma possível.

E como fazemos isso?

Em diversos clientes com grandes estruturas de ISA Server e/ou Forefront TMG, é necessário mapear de forma eficaz o que se tem configurado em seu servidor.

A equipe de projetos que irá implementar a nova funcionalidade de proxy precisa saber quais as regras criadas no ambiente atual que será decomissionado, qual a origem delas e o destino, quais os protocolos que as regras usam para definir um tipo de acesso, etc.

Quando falamos de portas personalisadas, é necessário informar de forma clara aos responsáveis pela nova estrutura quais são e como funcionam.

A grosso modo a única forma que um servidor ISA Server 2006 ou Forefront TMG provê essas informações é através do export do array ou parte dele (regras, networking, etc) para um arquivo XML. Entretando, ler um arquivo XML é meio complicado, leva tempo e alguns pontos podem ser meio complicados pra ler e a formatação vira um verdadeiro calvário.

Se você está nessa toada, eu aconselho o uso do ISAInfo. Essa ferramenta é de grande ajuda para coletar todos os dados de um array ISA Server ou Forefront TMG.

Antes que me perguntem…sim, tem muito lugar ainda usando o ISA Server 2006 e até ano passado eu atendia clientes com proxy e cache no ISA Server 2004. O mundo não é esse glamour né?

Mas, voltando ao ISAInfo, o processo de coleta de informações é muito simples. Vamos fazer uma coleta passo a passo para que você que está em fase de migração possa entregar todas as informações necessárias.

Vale também para quem quer documentar o ambiente porque ainda vai ficar com ele por algum tempo e quer ter mapeado tudo o que foi criado nele.

A ferramenta pode ser baixada do site http://isatools.org na aba ISA 2006 Tools. Ali você encontra uma série de utilitários para auxilia-lo na administração do seu proxy ISA Server 2000, ISA Server 2004, ISA Server 2006 e Forefront TMG (Standar, Enterprise e MBE editions).

Vale ressaltar que o Jim Harisson estará tirando este site do ar em 08 de agosto deste ano por questões que ele mesmo explica na página inicial. Caso você leia este post em data posterior a esta, deixe seu comentário aqui que eu disponibilizo a ferramenta em meu OneDrive.

Para este exemplo iremos usar o meu ambiente de laboratório onde tenho um servidor Windows Server 2008 R2 com o Forefront TMG 2010.

1. Gerando o backup do array (Export em XML)

Para este exemplo vamos gerar um backup de todo o array do Forefront TMG.

Clique com o botão direito do mouse sobre o array name do seu Forefront TMG e escolha a opção Export (Back Up):

image

No Welcome Screen, clique em Next:

image

Na tela Export Preferences, defina se vai usar uma senha e se vai exportar as configurações de permissão do usuário e clique em Next:

image

OBS: Definindo ou não uma senha neste ponto será irrelevante, pois as informações serão expostas no ISAInfo sem solicitação da mesma.

Na tela Export File Location defina a pasta e o nome do arquivo. Você também pode clicar em “Browse…” para definir pela interface gráfica o destino do seu arquivo. Feito isso clique em Next:

image

Na tela Completing the Export Wizard clique em Finish:

image

A barra de progesso abaixo indica que o arquivo XML que vc definiu anteriormente está sendo criado. Ao final da execução clique em OK:

image

Agora que você gerou o backup (export) do seu servidor Forefront TMG, você irá enfim iniciar o ISAInfo e a partir dele fazer a leitura do XML. No download do arquivo (conforme explicado acima neste post) vc ira receber um arquivo isainfo.zip. Descompacte o arquivo em uma pasta de sua preferência e veja que ele vai extrair 3 arquivos conforme abaixo:

image

O ISAInfo.hta é a ferramenta ISAInfo propriamente dita. Nele você vai carregar o XML gerado anteriormente para visualizar as informações desejadas.

O outro arquivo é o ISAInfo.js – um script que você pode usar para gerar o XML com as informações do seu proxy server, caso não queira fazer como foi ensinado acima.

O arquivo Readme.txt traz as sintaxes e opções a serem usadas com o ISAInfo.js.

Em nosso exemplo, iremos executar diretamente o arquivo ISAInfo.hta pois já geramos o XML. Ao dar o duplo clique no arquivo, a ferramenta irá abrir já solicitando o arquivo XML. Selecione o arquivo que você criou anteriormente e clique em Open:

image

Pronto! Você tem acesso a todas as informações de configuração criadas no seu ISA Server ou Forefront TMG:

image

Viram como o processo é simples? Melhor que ficar lendo arquivo XML né?

Aí você decide como vai fazer para entregar estas informações ou como vai guarda-las. Para transportar para um arquivo DOCX do Word tem que ser na unha mesmo (copy/paste). Se você se sente confortável em entregar o XML com a ferramenta para o responsável pela migração e se ele souber interpretar o conteúdo (o que, digamos, não é nenhum bicho de sete cabeças), fica por sua conta.

Espero que o conteúdo ajude a você que ainda usa ISA Server ou Forefront TMG e vai migrar a parte de proxy para uma solução de terceiros, ou ainda pensa em manter o produto e quer documentar as configurações feitas.

Meu agradecimento ao MPV Richard Hicks pelas dicas!

Um abraço

Uilson

  1. 1 de abril de 2015 às 7:54

    Bom Dia Uilson!

    teria como disponibilizar a ferramenta mencionada no post?
    “ISAInfo”

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: